Veracel

Veracel Celulose promove projeto de meliponicultura com comunidades no Sul da Bahia

A Veracel Celulose, indústria que atua no Sul da Bahia, vem desenvolvendo um projeto piloto de meliponicultura (criação de abelhas sem ferrão) com a comunidade indígena pataxó Aldeia Meio da Mata e com associações de apicultores em Eunápolis e Guaratinga. Em parceira com a DVM Consultoria Apícola, a companhia disponibilizou kits apícolas e ofereceu capacitação para o manuseio e a produção de mel orgânico de abelhas da espécie uruçu amarela (Melipona mandury).

 

Um dos aspectos mais vantajosos desse processo com abelhas sem ferrão é que ele pode ser feito de maneira segura nos quintais das casas, contribuindo para a disseminação da atividade entre os produtores. Um apiário desse tipo pode gerar 5 litros de mel por ano, custando cerca de 200 reais cada litro, sendo que o trabalhadores que participarem da iniciativa podem dividir os enxames em três ou quatro vezes por ano, sendo que cada enxame equivale um salário mínimo.

Neste momento, o projeto atende a 60 famílias no Sul da Bahia que já estão colhendo a primeira produção de mel do ano. Ao longo de 2021, a expectativa é de ampliação para outras comunidades da região.

Para o projeto, a Veracel proporcionou a capacitação das famílias e providenciou gratuitamente os materiais necessários para o manejo das abelhas e início da produção. Foram utilizadas somente floradas compatíveis com mata nativa da região.

De acordo com Izabel Bianchi, especialista em Responsabilidade Social da Veracel Celulose, o projeto tem por objetivo contribuir para o crescimento sustentável da região. "Todas as ações são realizadas para que haja, além da geração de renda, um resgate da cultura local e com isso a retomada da produção de itens importantes para a subsistência e desenvolvimento das comunidades envolvidas", diz a especialista. "O projeto também é uma oportunidade para recolocar na cadeira produtiva grupos que foram bastante impactados pelo desemprego durante a pandemia, como jovens e mulheres, e que agora podem utilizar recursos naturais para criar uma nova fonte de renda", complementa Izabel.

(Foto: Divulgação)

      


"Na meliponicultura, as colmeias são organizadas em meliponários - que é uma coleção de colmeias de abelhas sem ferrão. Esse tipo de produção era praticado há muito tempo pelos povos nativos da América Latina, em especial aqueles do Brasil e México", explica Ediney de Oliveira Magalhães, que está à frente deste projeto em parceria com a Veracel pela DVM Consultoria Apícola.

As abelhas uruçus amarelas, nativas do Brasil, são de uma espécie rara e produzem um mel mais doce no comparativo com outros apiários. "Além do apoio à geração de renda e ao desenvolvimento econômico local, acabamos reintroduzindo esse animal na natureza, com todo o acompanhamento de técnicos nas áreas ambientais", finaliza o especialista.

Há 10 anos, o Royal Geographical Society de Londres declarou as abelhas como seres vivos insubstituíveis. As abelhas foram defendidas pelo Dr. George McGavin ao e explicar que que 250 mil espécies de flores dependem das abelhas para se reproduzir.

Para Izabel, a relevância do projeto vai além do impacto local. "É importante termos uma análise mundial de relevância de espécies raras como essa. Este é um projeto que agrega valor para as pessoas, para o estado da Bahia e para o Brasil", finaliza.

Atuação da Veracel para projetos de apicultura no Sul da Bahia

A Veracel organiza, desde 2005, projetos de apicultura para 161 famílias dos municípios de Eunápolis, Itabela, Guaratinga, Itagimirim e Belmonte. A empresa investe na capacitação dos participantes apicultores, na doação de materiais, insumos, tecnologia e vestimentas adequadas, além da disponibilização dos pastos apícolas com procedimento que compatibiliza oportunidades de negócios para os apicultores e também dando segurança operacional para os trabalhadores florestais. Também incentiva a criação das associações de produtores e orienta para a gestão do negócio. Em 2019, foram produzidas 115 toneladas de mel, garantindo um total de R 748 mil de renda.

Entre 2004 e 2019, a companhia investiu um total de R$147,6 milhões em ações sociais em seu território de atuação. Apenas em 2019, o montante investido foi de R$ 12,5 milhões, aplicados em projetos de geração de renda e de educação que beneficiaram 16 mil pessoas.

"Essas iniciativas, alinhadas com o propósito e com o planejamento estratégico da empresa, contam com diversas parcerias, que envolvem o poder público e entidades representativas das comunidades, como conselhos de caciques, associações de comunidades indígenas, além de engenheiros agrônomos, consultores e especialistas em diversas áreas de atuação", finaliza Izabel.

A partir dessas ações, as pessoas beneficiadas ganham condições para mudarem sua condição de vida. Formalizando sua atividade e com dignidade, elas podem preservar sua tradicionalidade, prover renda para suas famílias, agregar novos conhecimentos e ampliar sua participação social.

Sobre a Veracel Celulose

Fundada em 1991, com início da produção de celulose em 2005, a Veracel Celulose é fruto da parceria entre duas grandes empresas do setor de celulose e papel em âmbito internacional: a brasileira Suzano e a sueco-finlandesa Stora Enso, que compartilham o controle acionário da companhia, detendo, cada uma, 50% das ações. Localizada em Eunápolis, no Sul da Bahia, a companhia integra operações florestais, industriais e de logística em 11 municípios da região. Com uma produção anual média de 1,1 milhão de toneladas, a empresa gera 3.191 empregos próprios e de terceiros.

A Veracel Celulose tem compromisso com as pessoas - colaboradores, parceiros e comunidades. A empresa busca sempre contribuir com a qualidade de vida regional, a partir do apoio e do desenvolvimento de ações culturais, sociais e econômicas que beneficiam a região. Além disso, a preocupação com a conservação ambiental faz parte da agenda de sustentabilidade da companhia.

Outras Notícias

Transtorno bipolar é a doença que mais causa suicídios

Pessoas com transtorno bipolar têm risco alto de suicídio, alertam especialistas. Transtorno requer tratamento medica...

Porto Seguro Praia Resort traz programação especial para a Páscoa

Uma boa pedida para aproveitar a Semana Santa com conforto, tranquilidade e toda a segurança que o atual momento exig...

Primeira parcela do Auxílio Emergencial pode ser liberado dia 18 de março

 A votação no Senado da PEC Emergencial está prevista para ser realizada hoje. A medida que trás controle dos ga...

Lançamos o edital do Processo Seletivo Gratuito para os Cursos Técnicos.

Por conta da pandemia da covid-19, não faremos prova e sim análise do histórico escolar. As inscrições serão realizad...

Primeiro hotel espacial terá capacidade para 400 pessoas.

A OAC está à procura de financiamento privado e, numa recente apresentação falou um pouco mais em detalhes sobre a Vo...

Empresários de Porto Seguro contam com serviço de entregas delivery da Giross

Com a pandemia ficou ainda mais latente a necessidade de as empresas terem um serviço de entregas delivery para atend...

Kênia Esteves entrevista Livia Ventura, a empreendedora que faz acontecer no Extremo Sul da Bahia

Agora, após idas a Itália e a montagem de um restaurante, claro, italiano, ela investe através do FIOS, um conceito e...

Maitei Hotel, de Arraial d'Ajuda, presta homenagem às mulheres durante todo o mês de março com promoção especial e gift para cuidados faciais

O Dia Internacional da Mulher, 8 de março, é comemorado em uma única data. No Maitei Hotel, porém, elas ganham especi...

PRIMEIRA GRANDE OBRA DA ATUAL ADMINISTRAÇÃO É REATIVAR O ANTIGO LIXÃO

Seria realmente cômico se não fosse trágico. Isso porque, contrariando frontalmente recomendação expressa do Min...

Em carta aberta, empresários pedem um posicionamento do prefeito Jânio Natal contra o Lockdown

Nesta sexta-feira (26), empresários de Porto Seguro enviaram uma carta aberta para o prefeito Jânio Natal e...

Mercado Imobiliário projeta crescimento de 10% em 2021

A empresa baiana JVF planeja lançar novos empreendimentos, um deles ainda neste semestre O ano de 2021 não começ...

Kênia Esteves entrevista o Dr. Anderson Ventura, Neuro Cirurgião e Sócio do Hospital Navegantes, referência no Extremo Sul da Bahia

 “ Olá amigos! Um fator chamado “tempo”, dificultava a entrevista que trago para minha coluna de hoje. Mas como ...

SELETIVA OU PAGAMENTO DE CABOS ELEITORAIS?

Motivos de sobra realmente não faltam para desconfiar da seriedade administrativa do novo governo, cujos atos, pelo m...

A GRANDE RESPONSABILIDADE QUE PESA SOBRE O VICE PAULINHO TOA A TOA

 A uma, primeiramente, que Paulinho se declara um cristão convicto e, como se sabe, a quem muito foi dado, muito...

CARNATÔA OFF & ALEGRIA ON

O Tôa Tôa realiza no período do Carnaval uma programação interativa respeitando todos os protocolos necessários para ...

Prefeitura forja contrato “emergencial” para pagar dívida de campanha

 O IVP não compactua e jamais compactuará  com desmandos, perseguições e revanchismos políticos e, muito menos, com a...

DECRETOS FRAUDULENTOS SERÃO ALVO DE DENÚNCIAS

E como nem tudo são flores nesse início de gestão, o IVP já prepara sua primeira Ação Popular contra as dua...

Zé Neto e Cristiano confirmados para o Réveillon Axé Moi 2022

Além da dupla, Marilia Mendonça, Leo Santana e mais três atrações completarão a grade do eventoNos dias 29, 30 de dez...

Agnelo diz que construção de novo aeroporto deve começar este ano

A entrevista que o prefeito de Santa Cruz Cabrália, Agnelo Santos (PSD), concedeu ao RADAR 64 na sexta-feira (05), gi...

La Torre Resort conquista selo de certificação Great Place To Work 2021 - GPTW

 O La Torre Resort All Inclusive de Porto Seguro-BA conquistou pela segunda vez consecutiva o selo de certificaç...