Adiamento de eleições não anula inelegibilidade de candidatos condenados em 2012, diz MPE

No entendimento do vice-procurador-geral Eleitoral, Renato Brill de Góes, os candidatos condenados por abuso de poder econômico e político nas eleições de 2012 ainda estariam impedidos de concorrer em 2020, mesmo que as eleições tenham sido adiadas e o prazo de oito anos já tenha findado na data do pleito. O parecer foi positivo a uma consulta do deputado federal Célio Studart Barbosa.

 

Brill de Góes ressalta que o prazo de inelegibilidade é válido até o final do ano completo e não na data específica do pleito. Ele sugere mudança no texto da Súmula do Tribunal Superior Eleitoral, para que passe a constar que a inelegibilidade deve se manter “até o final do período dos oito anos civis seguintes por inteiro”.

 

O questionamento de Studart se dá em virtude da condenação a suspensão de direitos políticos ter um prazo de oitos anos contados a partir da data do primeiro turno das eleições em que foi constatada a conduta ilegal. Nesse caso, em 7 de outubro de 2012, e cujo fim do prazo seria em 7 de outubro de 2020. O período de proibição incluia a data original do pleito deste ano (4 de outubro), em que serão eleitos prefeitos e vereadores. No entanto, o Congresso Nacional decidiu, em razão da pandemia da Covid-19, adiar as eleições para 15 de novembro (primeiro turno) e 29 de novembro (segundo turno). 

 

Para o advogado especialista em Direito Eleitoral, Gustavo Mazzei, o texto da Lei da Ficha Limpa abre espaço para esses questionamentos. Ele afirma respeitar, mas não concorda com o parecer do Ministério Público Eleitoral, por entender que todo processo de inelegibilidade tem caráter punitivo, e ainda que não seja aplicada em processo criminal, tem caráter iminentemente punitivo. "Pune o cidadão lhe tirando o direito de  concorrer, e por ter caráter punitivo tem que ter previsão legal expressa", defende. 

 

"A jurisprudência do TSE na interpretação da confusa redação da Ficha Limpa vem sempre no entendimento de que se aplica a inegibilidade contado oito anos da eleição em que ocorreu abuso de poder. Porque por incrível que parece dentro do artigo da lei complementar conhecida popularmente como Lei da Ficha limpa em uma linha ele fala em inelegível por oito anos, em outra fala inelegível pelas eleições dos oitos anos subsequentes", argumenta Mazzei. "Essa discussão relacionada a inelegibilidade ser por oito anos especificamente ou eleições dos próximos oitos anos vem sendo debatida desde 2012", acrescentou o advogado. 

 

Na Bahia, ao menos dois casos podem ser impactos com a mudança da jurisprudência na Justiça Eleitoral. O primeiro caso é referente ao município de Porto Seguro, em que o ex-prefeito Ubaldino Pinto tentaria retornar ao posto após cumprir oito anos de inelegibilidade que se findam na segunda-feira posterior à data originalmente prevista para as eleições 2020, 4 de outubro. Outro que teria a inelegibilidade expirada na mesma data é o ex-prefeito de Irecê, Luizinho Sobral. (Atualizado às 18h55)

Bahianoticias

Outras Notícias

TCM rejeita contas de 2018 da Prefeitura de Belmonte.

Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) rejeitou na sessão realizada nessa quarta-feira (23/09) as contas apresentada...

Pros realiza convenção municipal e confirma Uldurico Júnior como candidato a prefeito de Porto Seguro*

*O Partido Republicano da Ordem Social – Pros de Porto Seguro, realizou nesta quarta-feira (16), na Câmara Municipal ...

PSDB oficializa candidatura de Luigi Rotunno à prefeitura de Porto Seguro

 Em convençãomunicipal realizada nesta quarta-feira (16), O PSDB de Porto Seguro oficializouo nome de seu presid...

LÍVIA BITTENCOURT CONFIRMA CANDIDATURA A PREFEITA E LANÇA INDÍGENA COMO VICE

Lívia Cardoso Nascimento Laviola, mais conhecida como Lívia Bittencourt, é a única candidata mulher que concorre à pr...

Luigi Rotunno do La Torre Resort revela o nome que irá acompanhá-lo na disputa pela Prefeitura de Porto Seguro

Representando a Nova Política para Porto Seguro, Luigi Rotunno, reconhecido empresário do turismo lança-se pré-candid...

COALIZÃO– Grupos políticos adversários se juntam em Porto Seguro

A notícia da junção de grupos opositores tradicionais no município de Porto Seguro, caiu uma bomba de arrasar quartei...

Bolsonaro defende NOVO valor do auxílio emergencial; veja quanto

A prorrogação do auxílio emergencial de R$ 600 está praticamente definida. Agora, a única definição é quanto ao valor...

Cidadania declara apoio à pré-candidatura de Luigi Rotunno (PSDB) a Prefeito de Porto Seguro-BA

      O empresário Luigi Rotunno, reconhecido pelos prêmios nacionais e internacionais em li...

Itabela: Ex-prefeito terá de devolver R$ 22,9 milhões por irregularidades em gestão

O ex-prefeito de Itabela, na Costa do Descobrimento, sul baiano, Paulo Ernesto Pessanha da Silva, terá de devolver, d...

*Vereador Rodrigo Borges é o novo líder do governo na Câmara*

*Vereador Rodrigo Borges é o novo líder do governo na Câmara*A prefeita de Porto Seguro, Cláudia Oliveira, definiu o ...

Eleições municipais 2020 podem ser adiadas por causa do coronavírus?

Depois que parte dos deputados passou a cogitar o adiamento das eleições municipais de 2020 por causa da crise do nov...

Prefeita Cláudia Oliveira assina ordem de serviço para nova etapa de pavimentação em Pindorama

A prefeita de Porto Seguro, Cláudia Oliveira, esteve neste sábado, 14/3, no distrito de Pindorama, assinando a ordem ...

Cláudia Oliveira conversa com dono de site, diz que não autorizou conversa sobre aliança com os Pinto, e que óleo e água não se misturam

O proprietário do site namidianews, Luzio Nunes publicou nesta segunda-feira, 10, que recebeu telefonema da prefeita ...

Transporte escolar de Porto Seguro passa por vistoria

Todos os veículos – ônibus, vans e kombis – que realizam o transporte dos alunos da rede municipal de ensino de Porto...

Prefeitura de Porto Seguro melhora coleta de lixo em Caraíva

Para aperfeiçoar a coleta de lixo no distrito de Caraíva, a Prefeitura de Porto Seguro melhorou a logística de escoam...

TJ-BA mantém ação de improbidade contra ex-prefeito de Porto Seguro

O recurso de Gilberto Pereira Abade, ex-prefeito de Porto Seguro, que buscava suspender uma ação civil pública m...

Vereador pode se candidatar quantas vezes?

Para quem não sabe, vereador pode se candidatar quantas vezes quiser. Contando que ele esteja apto a se candidatar de...

Belmonte – Coelba corta energia da prefeitura e secretarias

Na tarde desta sexta feira 27 de dezembro de 2019 a COELBA cortou a energia elétrica da prefeitura e secretarias de B...

Contas da Prefeitura de Porto Seguro do exercício de 2018 são aprovadas

A Prefeitura de Porto Seguro teve as contas referentes ao exercício de 2018 aprovadas pelo Tribunal de Contas nesta t...

Roni Guerra inova, e dá exemplo para o país ao renunciar o bilionário fundo eleitoral

O pré-candidato a prefeito de Porto Seguro, Roni Guerra (PTB), protocolou no cartório de notas local, nesta quinta-fe...