79% dos hotéis e parques têm fôlego financeiro para apenas 2 meses

Pesquisa realizada com 298 representantes dos setores de hotéis, condo-hotéis, resorts e parques e atrações constatou que 79% das empresas têm folego financeiro curto (de 30 a 60 dias) para suportar a queda drástica de vendas ou mesmo a situação de faturamento zero causada pela crise da covid-19. Mais da metade das empresas não passaria do próximo mês, caso o governo federal não encontre uma forma dessas empresas terem acesso a linhas de crédito específicas para o setor, já que as disponíveis no mercado não beneficiam a Hotelaria, Viagens e Turismo.

Além de terem juros altos, as linhas de crédito disponíveis nos bancos privados não atendem o setor de Hotelaria e Turismo, por ser visto como de alto risco, já que teve suas operações paralisadas e deve ter uma retomada bem lenta.

Filip Calixto

Ana Biselli, da Resorts Brasil: Hotelaria está unida

Ana Biselli, da Resorts Brasil: Hotelaria está unida

“Estamos, todas as entidades que assinam essa pesquisa, unidas como nunca antes e fazendo um trabalho intenso junto a parlamentares, Ministério do Turismo, Ministério da Economia, governadores, pois a situação é bem crítica. Já são quase dois meses sem operações em muito empreendimentos e depois do início da pandemia as linhas de crédito sumiram para nosso setor”, conta a presidente executiva da Resorts Brasil, Ana Biselli.
Essa resistência à liberação de crédito nos vários perfis de instituições financeiras precisa ser combatida pelo governo, com uma medida exclusiva para o setor.

Waldemir Barreto/Agência Senado

Senador Izalci Lucas, em pronunciamento em defesa do Turismo, ontem, dia 5

Senador Izalci Lucas, em pronunciamento em defesa do Turismo, ontem, dia 5

APOIO DO SENADO

O presidente da Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo do Senado Federal, Izalci Lucas (PSDB-DF), em sessão ontem por videoconferência, fez um apelo aos colegas senadores para que ajudem o setor de Turismo. “Eles foram um dos mais afetados pela crise e estão sem fonte de receita e sem acesso a crédito. Faço um apelo aos senadores para que apoiem esse segmento no Ministério da Economia. O financiamento não chega na ponta e muitas demissões estão previstas”, disse o senador.

O advogado do Sindepat e da Resorts Brasil, Luciano Volpatti, tem feito um trabalho em Brasília para mostrar a urgência desse acesso ao crédito e uma das argumentações foi essa pesquisa, encaminhada ontem ao Ministério da Economia. “Alguma medida vai sair, mas queremos mostrar que é preciso rapidez e urgência”, disse Volpatti.

DADOS DA PESQUISA

De acordo com a pesquisa encomendada pela Resorts Brasil, Unedestinos, ABIH, Fohb, FBHA, BLTA, Adibra e Sindepat, do montante necessário de crédito para salvar as empresas ouvidas, apenas 16% já foi liberado e apenas 24% das empresas pesquisadas conseguiram algum acesso a crédito.

As justificativas mais mencionadas para a não liberação de crédito pelas empresas pesquisadas foram: morosidade/burocracia na avaliação dos processos, falta de garantia real do empreendimento e o alto risco atribuído ao setor de Turismo.

Mais da metade das empresas pesquisadas, apesar de precisar de crédito (69% delas precisarão em menos de dois meses), ainda não encaminhou a solicitação às instituições financeiras. E 53% destas empresas afirmam ter dificuldade de oferecer uma garantia real.

Houve um anúncio por parte do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, de uma linha de R$ 5 bilhões, com garantia do Fungetur, mas essa MP ainda não saiu do papel, e está em negociação com o Ministério da Economia. Alguns players do setor acreditam que a Economia vai optar por uma medida transversal que inclua o Turismo, sem se atentar para as especificidades das empresas de hospedagem, entretenimento e Turismo em geral.

“Agora que a hotelaria se organizou e está falando uma só mensagem, vamos também articular com outras entidades, de agenciamento, por exemplo, para nos unirmos por uma solução para todo o Turismo”, continua Ana Biselli.

RAIO-X

Realizada no final de abril, a pesquisa das entidades de hotelaria e parques mostra ainda que:

58% dos respondentes eram micro e pequenas empresas;

65% são hotéis, 14% parques e atrações, 13% condo-hotéis e 8% resorts;

43% estão no Sudeste, 26% no Sul, 24% no Nordeste, 7% no Centro-Oeste e 1% no Norte;

44% dizem ter fôlego financeiro para menos de um mês, 35% de um a dois meses, 17% entre três e seis meses e 4% acima de seis meses;

69% das empresas que não solicitaram crédito ainda, irão precisar nos próximos dois meses, daí a urgência de uma solução para o setor;

Nos últimos 40 dias, 140 empresas, entre hotéis e parques, fizeram 206 solicitações de crédito e 51% obtiveram acesso mesmo que parcial a esse recurso, mas nenhuma empresa foi 100% atendida e 49% não tiveram acesso a linhas de financiamento;

66% obtiveram crédito de até R$ 500 mil;

Estima-se que a necessidade total de crédito dessas empresas é de R$ 772,8 milhões, mas apenas R$ 125,1 milhões foram obtidos, restando R$ 647,7 milhões a serem captados;

A média de aprovação é de apenas 30%. As cooperativas e os bancos públicos federais são os mais receptivos às solicitações do setor.

Outras Notícias

Estrangeiros são liberados em todos os aeroportos do País

O governo federal autorizou a entrada de estrangeiros, de qualquer nacionalidade, em todos os aeroportos do Brasil. A...

Busca por viagens no Brasil cresce 43% em agosto

Um dos setores mais afetados pela pandemia de covid-19, o Turismo já está mostrando sinais de recuperação com um cres...

CVC freta voos para Porto Seguro na alta temporada

A CVC anunciou fechou fretamentos para a alta temporada de verão de olho na retomada gradual das viagens nos destinos...

Mês da criança com praia em Porto Seguro Promoção e diversão para as crianças no Porto Seguro Praia Resort

Para comemorar o mês da criança, o Porto Seguro Praia Resort preparou uma promoção especial, além de uma programação ...

Veracel Celulose e o avanço das florestas plantadas no país

No Dia da Árvore, comemorado em 21 de setembro, a Veracel Celulose, indústria que atua na região da Costa do Descobri...

Porto Seguro adquire equipamento GeneXpert

De acordo com a prefeita municipal, Cláudia Oliveira, a aquisição do equipamento produz significativas melhorias no a...

Multivacinação no povoado Queimados

Extensão  Para o secretário de saúde, Kerrys Ruas, a proposta centraliza-se na permanente proteção, por iss...

Operação combate desmatamento na Mata Atlântica

Uma operação conjunta entre a Cippa, ICMBio, Inema e Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Porto Seguro, ocorrida ...

Porto Seguro - Uldurico Junior e Maurício Pedrosa serão oficializados pelo PROS

A convenção municipal do PROS – Partido Republicano da Ordem Social, será nesta quarta-feira (16), das 14h às 18h. O ...

Casal leva ao ambiente virtual o “Rock + Humor”, novo espetáculo que entrelaça o humor do stand-up e a irreverência do rock´n roll

Atriz Gabi Roncatti e o cantor Landau conectam humor e música na transmissão ao vivo diretamente do espaço Uiki à bei...

Trâmites para concretizar com segurança a venda de um imóvel em Porto Seguro

Vender um imóvel é uma atividade burocrática, que exige que você tenha uma série de cuidados para que tudo dêcerto. A...

*Porto Seguro - Asfalto chega no distrito da Agrovila*

Os moradores da Agrovila tiveram um dia muito especial nesta sexta-feira, 11 de setembro, com a chegada do asfalto. A...

*Indígenas comemoram conquistas para suas comunidades*

Diversas conquistas e melhorias estão sendo implementadas nas aldeias de Porto Seguro, atendendo a solicitações da Pr...

Baleia Jubarte é encontrada morta em Trancoso*

Mais um filhote de baleia jubarte encalhou e foi encontrado morto na Praia dos Nativos, em Trancoso. Assim que recebe...

Veracel Celulose divulga edital para contratação de:

 Analista de Confiabilidade Jr. – Gerência Engenharia e Manutenção REQUISITOS:  Formação Superior...

Aprovado Plano de Ação da Lei Aldir Blanc para Porto Seguro*

*Na tarde da última sexta-feira, dia 11, o Plano de Ação da Lei Aldir Blanc para Porto Seguro foi aprovado pelo Gover...

Barra Velha recebe computadores para programa de inserção digital

Já chegaram à Aldeia Indígena de Barra Velha, próxima a Caraíva, os computadores para implantação do Programa "Viver ...

Cidade cheia: fiscalização é intensificada para garantir cumprimento de protocolos de saúde

Para proteger a comunidade e visitantes do contágio com o coronavírus, a Prefeitura de Porto Seguro tem sido rígida n...

*Porto Seguro - Setembro Amarelo a favor da vida*

O Setembro Amarelo destaca-se pela mobilização sobre a prevenção do suicídio. Este ano, em meio à pandemia da covid-1...

*Prefeitura avalia retomada das atividades dos músicos*

Para discutir a retomada gradativa das atividades dos músicos, fundamentada nos protocolos sanitários de saúde, a pre...