TCM condena ex-prefeito de Porto Seguro, Gilberto Abade

Com as três últimas contas da gestão reprovadas, o ex-prefeito de Porto Seguro, Gilberto Pereira Abade, acaba de ser multado em R$4 mil pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) e terá que devolver aos cofres municipais, com recursos pessoais, a quantia de R$153.006,49, em razão da não comprovação das despesas realizadas no exercício de 2009. Na sessão desta terça-feira (16/05), o relator do processo, conselheiro Raimundo Moreira, afirmou que, apesar de notificado, o gestor não apresentou qualquer justificativa ou documento para se defender das irregularidades apontadas. Como em matéria de gestão pública a regra vigente exige que o gestor comprove a boa e regular aplicação dos recursos públicos, em razão da omissão, a relatoria imputou ao gestor a devolução dos recursos ao erário. Cabe recurso da decisão.


Bahia40graus

Outras Notícias

Ação contra Jânio Natal é prescrita no TJ-BA após falha de desembargador

O Pleno do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) declarou a prescrição da punibilidade ao deputado Jânio Natal, de cri...

Prefeita Cláudia Oliveira entrega novas salas de aula no bairro Vila Jardim

A prefeita de Porto Seguro, Cláudia Oliveira, participou da entrega de novas salas de aulas na escola Helena Rebocho,...

Senador Otto Alencar solicita alteração da Portaria 445 ao Ministério do Meio Ambiente

Senador Otto Alencar solicita alteração da Portaria 445 ao Ministério do Meio Ambiente O senador Otto Alencar es...

Ex-prefeito Jorge Pontes é condenado a 5 anos e 3 meses de prisão

O ex-prefeito do município de Santa Cruz Cabrália, Jorge Monteiro Pontes, foi condenado pela Justiça a cinco anos e t...

Deputado federal Ronaldo Carletto é citado para disputar vaga para o Senado Federal e deve assumir a presidência do PROS na Bahia

Conforme matéria postada nesta segunda-feira, 03, no site pimentanamuqueca.com o partido PROS está mudando de mãos na...

Relator vota para abrir ação penal contra Jânio Natal por contratar advogada sem licitação

O desembargador Nilson Castelo Branco, do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) liberou, na sessão plenária realizada ...